Orquestra Sinfônica de Barra Mansa interpreta hoje a Quinta Sinfonia de Mahler em concerto no Instituto Cultural Municipal.

Barra Mansa – Um grande desafio. Assim pode ser resumido o concerto de abril da temporada oficial da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa. Em “Ciclo Mahler – O apogeu do virtuosismo orquestral”, a OSBM interpreta a mais emblemática sinfonia de Mahler, considerada uma das obras mais complexas da música orquestral. Excepcionalmente neste concerto, a Orquestra Sinfônica de Barra Mansa se apresenta no Instituto Cultural Municipal, no Clube Municipal. O concerto gratuito acontece nesta terça-feira, dia 11 de abril, às 20h.

O concerto conta com apenas uma música, mas que preenche toda apresentação com sua grandiosidade. Dividida em cinco movimentos, a sinfonia mescla trevas e luz, iniciando com uma marcha fúnebre e encerrando em um ritmo entusiasmado. O 4º movimento, considerado o ponto alto da sinfonia, ficou mundialmente conhecido por ser a trilha sonora do filme Morte em Veneza.

Sob regência de seu maestro associado, Daniel Guedes, a Orquestra Sinfônica de Barra Mansa selecionou a 5ª Sinfonia de Mahler para este concerto, justamente por sua complexidade e caráter desafiador. Sua interpretação pela OSBM, demonstra o avanço técnico da orquestra, que ao longo de seus doze anos encarou diversos desafios, comprovando sua excelência.

Além disso, a Orquestra Sinfônica de Barra Mansa mantém sua viagem musical pelo mundo, como sugere o tema de sua temporada 2017 “OSBM pelo Mundo”. Neste concerto, a viagem tem passagens pela República Tcheca, onde nasceu Gustav Mahler, e por Viena, onde Mahler vivia enquanto compunha a sinfonia.

A mudança do local do concerto da Igreja Matriz de São Sebastião para o Instituto Cultural Municipal foi necessária devido a um compromisso assumido pela igreja com a Arquidiocese. Mas a música não pode parar e a OSBM acionou seu segundo palco oficial em Barra Mansa, o Instituto Cultural Municipal, para manter o concerto e não deixar de contemplar seu público.