Balcão de Direitos chega à Baixada da Olaria, em Resende.

Resende- Os moradores da região da Baixada da Olaria vão ganhar, no próximo sábado, uma manhã inteira de serviços gratuitos e diversas atividades de lazer voltadas para pessoas de todas as idades. É o Mega Balcão de Direitos, desenvolvido pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, que chega ao bairro, garantindo direitos fundamentais para a população.

De acordo com a coordenadora do projeto, Iêda Hermógenes dos Santos, as atividades serão realizadas das 9 às 12h30, na quadra de esportes, localizada próximo ao Posto de Saúde do bairro. Entre os serviços oferecidos estão o cadastramento de currículos e divulgação de vagas pelo Sine; cadastramento de interessados para encaminhamento à Fundação Leão XIII visando a emissão de 2ª via de documentos e gratuidade para casamento; corte de cabelo; aferição de pressão arterial; cadastramento para o Programa Municipal de Combate ao Tabagismo; massagem; esmaltagem de unha e aula de dança, além de recreação e pintura facial para crianças.

Durante o projeto, que está chegando à sua segunda edição, também haverá atendimento do NIAM (Núcleo Integrado de Atendimento à Mulher), e das Coordenadorias da Mulher, da Igualdade Racial, e da Pessoa com Deficiência, que vão divulgar os serviços disponíveis para a população. De acordo com a programação, o projeto contará ainda com a presença de equipes da Cruz Vermelha, do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), do Cadastro Único, da Ouvidoria-Geral, e da Secretaria de Esporte e Lazer, que vai garantir uma manhã animada e cheia de atrações para crianças e adultos.

Segundo a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Jéssica Pavone, a realização do Mega Balcão de Direitos vai contar com a participação de mais de 50 trabalhadores, entre servidores públicos e profissionais de empresas privadas e entidades parceiras. O objetivo é expandir ainda mais o projeto no futuro.

– Nossa meta é promover uma edição por mês do Mega Balcão de Direitos no município, beneficiando sempre as comunidades mais carentes, que é onde os serviços públicos precisam estar presentes a fim de garantir os direitos e melhorar a qualidade de vida das pessoas – disse Jéssica, acrescentando que a primeira edição do projeto, realizada em abril, no Parque Minas Gerais, prestou cerca de 250 atendimentos gratuitos.

 

Fonte: diariodovale.com.br