Jorge Serfiotis, prefeito de Porto Real, morre aos 69 anos.

Porto Real- O prefeito Jorge Serfiotis, de 69 anos, morreu no final da noite de domingo (30), por volta das 23h, no Hospital Samer, em Resende. Ele estava internado há 12 dias e lutava contra um câncer no pulmão desde o ano passado. O velório acontecerá no Ginásio Poliesportivo Tande, no bairro Nova Colônia, em Porto Real. O horário do sepultamento será às 16h, o local ainda não foi confirmado.

Serfiotis era casado com Kátia Serfiotis e pai do deputado federal (PMDB) Alexandre Serfiotis, além do deputado, Jorge, deixa outros dois filhos,  professora Alessandra Serfiotis e o comerciante Adriano Serfiotis.

Na última sexta-feira (28), a Câmara Municipal de Porto Real empossou o vice-prefeito Ailton Marques como prefeito interino do município. A juíza Priscilla Dickie Oddo, da comarca de Porto Real-Quatis, havia determinado o afastamento do prefeito Jorge Serfiotis, pelo prazo de 180 dias, no mesmo dia em que a família do prefeito formalizou o mesmo pedido na Câmara Municipal.

A Prefeitura de Porto Real, em nota, decretou luto oficial de sete dias.

IMG_7089

História 

Comerciante aposentado, natural de Porto Real, nasceu em 28 de abril de 1948. Jorge Serfiotis ingressou na política em 1988, eleito vereador – nessa época Porto Real ainda era distrito de Resende. Foi reeleito em 1995. Participou ativamente da emancipação do distrito. Serfiotis disputou duas eleições para prefeito e só na terceira foi eleito, em 2004 com 50% dos votos. Foi reeleito em 2008, pelo DEM, com cerca de 70% dos votos. Em 2012 elegeu a sucessora Cida (PDT), vice-prefeita de Jorge durante os dois mandatos anteriores. No ano passado ganhou as eleições com 54% dos votos. Serfiotis estava no terceiro mandato e sofria de um câncer nos pulmões.

Fonte: diariodovale.com.br