Corpo de Luiz Melodia é velado no Rio.

corpo do cantor e compositor Luiz Melodia era velado na tarde desta sexta-feira (4) na quadra do Grêmio Recreativo Escola de Samba Estácio de Sá, no Centro do Rio. O músico morreu na madrugada desta sexta-feira (4) aos 66 anos. Ele lutava contra um câncer que atacou a medula óssea.

Casada há 40 anos com o cantor Luiz Melodia, Jane Reis, muito emocionada, contou que chamava o marido de “passarinho”. “[Ele] Voou. Voou mais alto. Foi pra longe da gente. Foi cantar em outro lugar”. Com olhos marejados, Jane não soube explicar porque as músicas de Melodia eram tão especiais para a maioria dos fãs.

“Não sei. Ele era muito sincero, muito inteiro. Tudo o que ele fazia, ele fazia com muita sinceridade. Eu acho que as pessoas se identificam com essa sinceridade, elas se vêem na sinceridade. Então, eu acho que o que saía era ele, e acabou. Sem mais, sem menos. Sem meias palavras, ou com muitas meias palavras, mas sinceramente”, disse.

Duas bandeiras foram postas em cima do caixão de Luiz Melodia: uma do Vasco e uma da Estácio de Sá. Amigos famosos e anônimos também compareceram ao velório. “Estou vindo aqui na despedida de um grande amigo, um grande vascaíno. Uma pessoa que aprendi a respeitar e gostar, não só das suas melodias, mas também do seu caráter”, disse o ex-jogador e ex-presidente do Vasco Roberto Dinamite.

A atriz Zezé Motta lembrou com muito carinho momentos ao lado de Luiz Melodia. Disse que o artista irá deixar “muita saudade” e fará “muita falta”. “O que me consola é que foi um amigo-irmão do qual eu aproveitei bastante. A companhia dele, eu bebi muito na fonte da poesia dele. E ele continua vivo através da obra dele. Isso é muito importante.”