‘Despacito’ desbanca ‘See You Again’ e vira vídeo mais visto do YouTube.

O clipe de “Despacito”, de Luis Fonsi e Daddy Yankee, se tornou nesta sexta-feira (4) o vídeo mais visto do YouTube. O megahit latino desbancou “See You Again”, que havia tirado do topo “Gangnam Style”, que reinava absoluto desde 2012.

O clipe de “Despacito” ultrapassou a trilha sonora do filme “Velozes e Furiosos 7″ em número de plataforma de vídeos do Google.

“Despacito” chegou a 2.994.973.697 visualizações, enquanto “See You Again” tinha 2.993.938.165 visualizações.

“Despacito” demorou apenas 203 dias para chegar ao topo do YouTube, graças à média diária de 14,5 milhões de visualizações.

“Quebrar o recorde de vídeo mais visto de todos os tempos do YouTube é totalmente incrível, não só para mim, mas para a música latina e para nossa cultura”, afirmou Luis Fonsi, em nota.

De acordo com o YouTube, o vídeo está no caminho para se tornar o primeiro a chegar a 3 bilhões de visualizações. Além da futura marca, o vídeo já é dono de algumas marcas na plataforma:

  • vídeo com mais “curtidas” na história;
  • vídeo que atingiu mais rápido a marca de 2 bilhões e 2,5 bilhões de visualizações;
  • vídeo de música mais visto no ano de 2017 em 40 países.

 

O vídeo já foi visto mais de 1 milhão de vezes em 99 países. Segundo o YouTube, o Brasil é o segundo país que mais viu o clipe:

  1. México – 376 milhões
  2. Brasil – 2013 milhões
  3. Estados Unidos – 183 milhões
  4. Itália – 142 milhões
  5. França – 80 milhões
  6. Indonésia – 36 milhões
  7. Reino Unido – 36 milhões
  8. Índia – 32 milhões
  9. Israel – 17 milhões
  10. Egito – 8,8 milhões

 

 

Durou pouco

O reinado da música cantada por Wiz Khalifa e Charlie Puth não durou nem um mês, já que ela só se tornou o vídeo mais popular do YouTube em 10 de julho deste ano.

 

Gangnam Style

A música ultrapassou o vídeo de “Gangnam Style”, do rapper sul-coreano Psy, que foi responsável por estabelecer algumas marcas no YouTube:

  • primeiro a atingir 1 bilhão de visualizações;
  • entrou para o Guiness, o livro dos recordes, por ser o mais curtido do site de vídeos;
  • primeiro a atingir 2 bilhões de visualizações;
  • “quebrar” o método de contagem de visualizações da plataforma de vídeo, em 2014.

 

Este último feito obrigou o Google a mudar o YouTube. A plataforma teve que ampliar a forma de exibir o número de reproduções de um vídeo por causa da enorme audiência do clipe da música. O site permitia exibir até 2.147.483.647 visualizações.

Fonte: g1.com.br