Corpo de romeiro de Resende é velado.

O corpo do romeiro Gladstone Andrade de Almeida, de 38 anos, foi velado na manhã desta segunda-feira (25), na Capela da Santa Casa, em Resende, no Sul do Rio de Janeiro. Ele foi atropelado por um caminhão na madrugada de domingo (24), quando seguia a pé pela Via Dutra, com destino ao Santuário Nacional de Aparecida, no Vale do Paraíba Paulista.

O acidente aconteceu por volta de 2h30, no km 69, no sentido São Paulo — apenas 2 km do acesso principal para Aparecida. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele estava sozinho e carregava uma mochila e um terço.

O caminhoneiro, de 47 anos, prestou socorro, mas a vítima morreu no local. O condutor relatou à polícia que o homem caminhava pela pista no momento do acidente.

Momentos antes do acidente Gladistone falou sobre sua peregrinação em redes sociais:

 “São 2h22 e mais alguns metros eu já vou conseguir avistar a Basílica de Nossa Senhora Aparecida. Queria agradecer a todos que estiveram comigo nessa noite, nessa jornada, fiquem com Deus. Tem pessoas da minha família acompanhando, eu estou vendo, já começo a ver a torre de Nossa Senhora Aparecida. Não sei se vocês vão conseguir ver, mas eu já estou vendo. Obrigado pelas mensagens, pelas pessoas que ligaram e por todo carinhos que vocês tiveram. Falta poucos metros para a gente encerrar. Não foi fácil, mas foi gratificante”.