ANGRA DOS REIS: POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA AÇÃO PARA APURAR ESTUPRO COLETIVO DE VULNERÁVEL

Gostou? Compartilhe!
Foto: PF

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (30), a ação para apurar um caso de estupro coletivo de vulnerável que aconteceu em um cruzeiro em 2022, em Angra dos Reis. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades do Rio de Janeiro e Nova Iguaçu.

Segundo a PF, o objetivo da ação é encontrar provas que vinculem os suspeitos aos vestígios colhidos no dia do crime.

Na ocasião, uma mulher de 28 anos teria sido conduzida para uma cabine do navio após ingerir bebida alcoólica em grandes quantidades. Neste momento, três homens de idades entre 27 e 30 anos teriam iniciado relações sexuais sem o consentimento da jovem, que estava desacordada.

A investigação segue a cargo da Delegacia de Polícia Federal em Angra dos Reis. Caso os suspeitos sejam condenados, podem receber pena de até 20 anos de reclusão

Outras notícias que você vai gostar.
plugins premium WordPress