Estão abertas as inscrições para oficinas do Confiar em Resende

Publicado em 22/11/2022 – 6:33 Estão abertas as inscrições para as oficinas da Fundação Confiar 2023. O processo seletivo é destinado a adolescentes de 14 a 17 anos moradores de Resende, que estejam regularmente matriculados em uma escola da rede pública de ensino (seja municipal ou estadual). Serão oferecidas as oficinas de noções administrativas, empreendedor social, educação ambiental, recreador de creche, auxiliar de sala de aula, barbearia e fotografia. De acordo com o presidente da Fundação Confiar, Jonatas Bianquini, os interessados em participar poderão se inscrever até a próxima sexta-feira, dia 25, na sede do Confiar, localizada na Avenida Resende-Riachuelo, ao lado do Hospital Público Veterinário. Os cadastros podem ser feitos pelo próprio adolescente de 9h30 às 16h apresentando um documento de identificação (RG ou certidão de nascimento) — com exceção do dia 24 de novembro, quando as inscrições encerrarão às 15h em função do jogo do Brasil na Copa do Mundo 2022. – As oficinas do Confiar são uma excelente oportunidade para o início da qualificação profissional com a parte técnica das aulas. Podemos proporcionar aos estudantes um estímulo ao mercado de trabalho e o desenvolvimento de possíveis habilidades que necessitam ser trabalhadas desde o início – explicou Jonatas. É importante ressaltar que o aluno precisa ter 14 anos completos até o dia 30 de março de 2023 e não completar 18 anos antes de 1º de outubro do mesmo ano. As provas serão aplicadas em dezembro e as datas serão informadas no ato da inscrição. Os participantes das oficinas recebem uma bolsa-auxílio de iniciação ao trabalho e aprendizado no valor de R$ 180.

Volta Redonda terá escola bilingue a partir do ano que vem

Publicado em 27/10/2022 – 10:30 Volta Redonda terá uma escola pública bilíngue a partir do ano que vem. A Escola Intercultural Brasil-França funcionará onde hoje é o Colégio Estadual Piauí, no bairro Ponte Alta. Na unidade serão oferecidas aulas de Francês para o Ensino Médio e parte das disciplinas ministradas no idioma estrangeiro. O acordo de cooperação para a instalação da escola bilíngue integral foi assinado na manhã desta quarta-feira (26), no auditório do Palácio 17 de Julho, pelo prefeito Antonio Francisco Neto, e contou com as presenças do cônsul-geral da França no Rio, Gérard Maréchal, o adido de cooperação para a língua francesa do Consulado Geral da França no Rio, Serge Borg, e representantes das secretarias de Estado de Educação (Seeduc) e Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Smdet). O prefeito Neto agradeceu a parceria com o Governo do Estado e a confiança da Embaixada da França ao selar o acordo de cooperação. Ele afirmou não ter dúvidas de que a escola intercultural de Volta Redonda será uma referência. “Nós precisávamos e queríamos isso. Não tenho dúvidas de que seremos uma referência em nosso país. Queremos que Volta Redonda seja a maior parceira da França em todos os projetos do Consulado. Para a gente é um dia muito importante e muito feliz. A nossa Educação precisa avançar e estamos trabalhando para isso”, disse Neto, elogiando o empenho no projeto do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Sérgio Sodré, e sua equipe. O cônsul-geral da França no Rio, Gérard Maréchal, se disse lisonjeado e agradeceu a parceria. Ele destacou que poder estar em Volta Redonda é um presente. “Para nós, como franceses, é importante a divulgação da língua e cultura do país, vemos de forma muito importante, principalmente quando ligado à educação. E o ensino do francês é visto como um desses vetores. Uma grande cidade como Volta Redonda ter interesse em ensinar o francês em suas escolas nos deixa muito felizes”, disse Maréchal, informando que o idioma é o segundo mais ensinado no mundo, o quarto mais usado na internet e o quinto mais falado no mundo. O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Volta Redonda disse que a implantação da escola intercultural só foi possível graças ao apoio incondicional do prefeito Neto, do assessor especial Deley Oliveira, que levou uma equipe da SMDET até o secretário estadual de Educação, Alexandre Valle. “É o trabalho de uma equipe. Queria destacar que hoje é um dia histórico para a Educação de Volta Redonda. E nós sabemos o quanto a Educação é importante. É um grande agente de transformação; ela muda a vida de uma pessoa, de uma família, de uma sociedade. O que queremos com esta nova escola é inserir o jovem em uma realidade que vai além do Brasil, ultrapassa as fronteiras. Isso abre oportunidades que podem ser exploradas, então conhecer esta cultura, este novo idioma, sem dúvidas facilita a quem quer seguir uma carreira em empresas multinacionais, por exemplo. Esperamos que este seja o início de uma longa parceria entre a nossa cidade e o Consulado da França”, frisou Sodré. A superintendente de projetos estratégicos da Seeduc, Roberta Piñon, que representou o secretário Alexandre Valle na cerimônia de assinatura, lembrou que a unidade em Volta Redonda é a terceira no estado a contar com o ensino da língua francesa, e que há a previsão da inauguração de 20 unidades de escolas interculturais em todo o Rio de Janeiro em 2023. “Faz sentido levarmos projetos diferenciados para locais que precisam, e temos uma equipe que vai acompanhar a implantação e o desenvolvimento das atividades na Escola Intercultural Brasil-França em Volta Redonda. A Seeduc quer incentivar o desenvolvimento econômico e social do município”, garantiu Roberta Piñon. Matrículas As inscrições para a Escola Intercultural de Volta Redonda serão abertas a partir de 17 de novembro, por meio do Governo do Estado, através do programa “Matrícula Fácil”. Poderão ingressar na unidade estudantes que estejam concluindo o 9º ano do Ensino Fundamental. Nesta quarta-feira (26), também foi aberta a “Semana da Língua Francesa”, que vai até este sábado (29) e contará com diversas atividades culturais. O evento é gratuito e tem como objetivo divulgar a implantação da Escola Intercultural Brasil-França na cidade. Também serão entregues livros franceses doados pela Embaixada da França à Biblioteca Municipal Raul de Leoni, na Vila Santa Cecília, além da exibição de filmes franceses inéditos no Brasil e rodas de conversas com alunos de escolas públicas. Programação cultural Dia 26/10 21h – Cine France no Cineshow Volta Redonda, Sider Shopping com exibição do filme “Jules et Jim” Dia 27/10 14h – Solenidade de Inauguração da Seção de Língua Francesa e da exposição La Maison de Clarice na Biblioteca Municipal, na Vila Santa Cecília 15h30 – Apresentação do projeto “Volta Redonda Cidade da Música”, no auditório da Biblioteca Municipal, na Vila Santa Cecília 21h – Cine France no Cineshow Volta Redonda, Sider Shopping com exibição do filme “Playlist” Dia 28/10 8h às 17h – Exposição “La Maison de Clarice”, na Biblioteca Municipal 21h – Cine France no Cineshow Volta Redonda, Sider Shopping com exibição do filme “Les 2 Alfreds” Dia 29/10 8h às 17h – Exposição “La Maison de Clarice”, na Biblioteca Municipal 11h – Apresentação da Banda e do Coral Municipal, no térreo da Biblioteca Municipal, na Vila Santa Cecília 21h – Cine France no Cineshow Volta Redonda, Sider Shopping com exibição do filme “Un Vrai Bonhomme” *Todos os eventos acima são gratuitos e limitados a capacidade de vagas dos locais

Estudantes de Volta Redonda vão participar da Mostra Nacional de Robótica

Publicado em 13/10/2022 – 10:30 A Equipe de Robótica do Colégio João XXIII, unidade da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda), vai participar da Mostra Nacional de Robótica (MNR), entre os dias 17 e 22 de outubro. O evento acontece no campus de São Bernardo do Campo, São Paulo, do Centro Universitário FEI (Fundação Educacional Inaciana). A mostra é o maior evento de Robótica Educacional da América Latina e conta com estudantes e profissionais do Brasil e do exterior. Os estudantes desenvolveram os projetos, no decorrer do ano letivo, nas aulas semanais no laboratório de Informática/Robótica, sob tutoria do professor de informática, Frederico Pitassi. Segundo ele, que é autor e tutor nos dois projetos que serão apresentados na mostra, e faz parte desde 2018 da equipe brasileira de avaliadores da MNR, a Mostra Nacional é um evento educacional de grandeza única e permite um olhar aos estudantes sobre as fases de desenvolvimento de qualquer projeto, não só educacional, mas para a vida. MNR 2022 A equipe de Volta Redonda vai apresentar um Carro Utilitário Via Bluetooth, desenvolvido por três alunos do Ensino Fundamental; e Jogos Educacionais com Arduino, plataforma de prototipagem eletrônica de código aberto, que coloca a equipe do Colégio João XXIII pela primeira vez na categoria “Meninas da Robótica”, com cinco alunas do Ensino Médio. O carro consiste em um protótipo controlado pelo celular, que permite a inserção de acessórios extras para aproximação e limpeza a locais de difícil acesso. Já os vários módulos de jogos podem ser utilizados como ferramenta de ensino-aprendizagem, inclusive focando nos alunos da educação especial. A proposta é, no futuro, fazer a doação desses equipamentos para a sala de recursos. A apresentação dos trabalhos selecionados está prevista para o próximo dia 19 de outubro.

Nova ferramenta para conferir o desenvolvimento escolar é implantada em Barra Mansa

Publicado em 05/09/2022 – 9:05 A Secretaria de Educação de Barra Mansa está implantando em todas 69 unidades de ensino da Rede Municipal, com seus mais de 18.200 alunos, uma ferramenta chamada Avaliação Diagnóstica Formativa. Através dela, será possível padronizar levantamento amplo, por unidade e por aluno, apontando possíveis lacunas de aprendizagem e quais ferramentas podem ser utilizadas para a promoção do conhecimento. O método foi desenvolvido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e aderido pelo MEC (Ministério da Educação). As assessoras estratégicas da Secretaria Municipal de Educação, Ana Júlia Cury Gonçalo e Ionara Hygino Muniz, destacaram que a nova Avaliação Diagnóstica é parte de uma sequência de ações que haviam sido promovidas desde o retorno das aulas presenciais, após o período mais crítico da pandemia de Covid-19. “Tivemos dois anos de aulas remotas e a rede olha para a escola com este período de afastamento de sala de aula. Realizamos todo o trabalho on-line, e precisamos fazer um diagnóstico dessa aprendizagem, que iniciamos desde o retorno das aulas presenciais, no segundo semestre de 2021. Isso já nos apontou indícios da realidade do município. A partir daí, adaptamos a proposta curricular e outras ações formativas desde fevereiro de 2022 estão acontecendo. Entre elas estão o reforço escolar e as formações continuadas, por exemplo”, explicou Ana Júlia. Ionara acrescentou que cada unidade de ensino fazia seu próprio diagnóstico, através de seus próprios métodos. Agora, o secretário Marcus Barros procurou uma avaliação padronizada para toda a rede.“Será um diagnóstico feito pelo MEC, através de uma metodologia de larga escala desenvolvida pela UFJF. Não é apenas uma avaliação quantitativa, mas qualitativa, feita a partir da matriz do SAEB, que é o Sistema de Avaliação da Educação Básica do Governo Federal. Através dele, inclusive, que acontecem os repasses do Ideb, que é o financiamento da educação pública aos municípios”, acrescentou Ionara. Existem réguas, marcas que a criança tem que atingir na série em que está cursando. Conforme a avaliação é aplicada, percebe-se o índice de aprendizagem em que ele se encontra. “Se houver uma defasagem, o próprio sistema nos apresenta materiais de suporte para trabalhar com ele; o que ele ainda não sabe ou deveria saber e de que forma o professor pode promover isso. Então, são avaliações e metodologias periódicas que estamos implantando para o desenvolvimento de cada aluno”, ressaltou Ana Júlia. REALIDADE DE CADA ESCOLA E ALUNO A assessora da Gerência de Educação Básica, Carla Giovana Silva de Castro Rolim, destacou a importância da ferramenta. “Ela possibilitará a identificação da realidade de cada escola, turma e especificamente de cada aluno. Vai nos permitir observar se as crianças e jovens estão desenvolvendo as habilidades propostas no processo de ensino e aprendizagem e será fundamental para refletirmos as causas das dificuldades, definindo assim as ações necessárias para trabalhar as defasagens encontradas”.A gerente de Educação Básica, Alessandra Mara Leone Magalhães, também destacou que objetivo da avaliação diagnóstica é identificar de forma precisa, as lacunas de aprendizagem dos estudantes, para que, a partir destas informações, ocorra a análise, as reflexões e o desenvolvimento de ações a serem implantadas no âmbito de escola por toda a equipe escolar.“Cabe à Gerência de Educação Básica dar continuidade ao planejamento e desenvolvimento de estratégias de realinhamento da Proposta Curricular, de implementação de Programas Educação em Tempo Integral, Reforço Escolar e Correção de Fluxo; garantindo a sequência de Formações Continuadas e até mesmo redimensionar a oferta de atendimentos individualizados pelas SAECs. (Salas de Atendimento Educacional Complementar)”, pontuou. OLHAR ZELOSO PARA O PROBLEMA MUNDIAL O secretário municipal de Educação, Marcus Barros, destacou e agradeceu o empenho de todos os profissionais em solucionar um problema que atinge todo o mundo.“Não fechamos os olhos e mantivemos nossa atenção, de forma carinhosa, para a realidade. Está acontecendo com todos, mas temos que tomar alguma providência, pois este é um problema que precisa ser solucionado. O professor continua sabendo dar aulas, mas o aluno pode ter adquirido lacunas de aprendizado ao longo desses dois anos. Temos este olhar zeloso para uma situação global”, concluiu Marcus Barros.

Projeto “Cidades, salvem seus rios!” será realizado em Itatiaia

Publicado em 29/08/2022 – 9:30 A Prefeitura de Itatiaia, através das Secretarias de Educação e Meio Ambiente, e a Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) Planetapontocom, firmaram um Termo de Cooperação para desenvolver o projeto “Cidades, salvem seus rios! Itatiaia” nas unidades escolares da rede municipal. Participaram do evento de assinatura do documento o prefeito Irineu Nogueira, a Secretária de Educação Solange Miranda e o Secretário de Meio Ambiente, Rodrigo Freitas, além da diretora da Planetapontocom, Silvana Gontijo, e Aime Acoorsi, do Instituto Isokoti, entidade parceira da Oscip nesta iniciativa. A iniciativa pretende realizar ações educativas, ao longo de dois anos letivos, voltadas para o protagonismo infanto-juvenil, buscando motivar e mobilizar as escolas a conhecerem os rios mais próximos a elas, levando os estudantes a uma reflexão sobre o papel de cada um na recuperação dos mananciais. De acordo com a diretora da Oscip, o projeto  é um convite a professores, alunos e comunidades para serem protagonistas da ação de transformar sua realidade ambiental. O projeto “Cidades, salvem seus rios! Itatiaia” terá como principal suporte uma plataforma digital, com informações georreferenciadas do município, sobre cada uma das escolas da rede municipal de ensino, sobre todos os rios que nascem ou cortam Itatiaia e suas bacias. “Os educadores são orientados para, junto com seus alunos, buscar as informações sobre seus rios. Eles vão a campo e levantam as informações de história, geografia, ciências da natureza (fauna, flora, geomorfologia, lixo, esgoto, ciclo da água e bioma) dentre outras. Os professores recebem uma cartilha online contendo todas as informações e sugestões de como desenvolver o seu projeto interdisciplinar, por ano letivo. Além da plataforma, estará disponível para docentes e gestores uma capacitação através de aplicativo e conteúdo de apoio para professores e alunos”, explica Silvana. A Secretária de Educação, Solange Miranda, e o Secretário de Meio Ambiente, Rodrigo Freitas, ressaltaram a importância do projeto e destacaram a importância de iniciativas que tenham como foco o conhecimento sobre os mananciais do município e a necessidade de proteger os cursos dágua. “Ações que invistam na educação, na preservação e recuperação do patrimônio histórico, cultural e ambiental, são essenciais para a sociedade”, afirma a Secretária de Educação.

Seminário de Educação Especial e Inclusiva de Resende é realizado em Resende esta semana

Publicado em 29/08/2022 – 8:45 A Prefeitura de Resende, através da Secretaria Municipal de Educação, promove nos dias 29, 30 e 31, o V Seminário de Educação Especial e Inclusiva de Resende (SEEIR), um importante evento motivado pela Semana da Valorização da Pessoa com Deficiência. O convite é feito à população em geral e principalmente aos profissionais da educação. O objetivo da mobilização, de acordo com a secretária municipal de Educação, Rosa Frech, é debater as diversas formas de incluir e tornar mais acessível a educação para as pessoas com deficiência. Serão abordadas práticas pedagógicas, e tudo a respeito do aluno com deficiência. O conhecimento será transmitido através de cursos voltados exclusivamente para os profissionais da educação e oficinas, que também são voltadas para a sociedade civil. O credenciamento para o evento começa às 18h30 e a abertura acontece às 19h. A AEDB Resende fica na Av. Cel. Prof. Antônio Esteves, 1 – Campo de Aviação, Resende. Após a abertura, haverá um momento cultural, seguido de uma palestra com a seguinte reflexão: “Será que ainda somos os mesmos? O que permaneceu e o que mudou na convivência escolar após a experiência pandêmica”. – A inclusão é um tema que precisa ser discutido e disseminado pela educação. Só assim, conseguimos melhorar e nos aprimorar para ter equidade no contexto educacional. O conhecimento que esses profissionais e civis vão aprender no seminário, eles irão replicar e multiplicar em seus contextos. Teremos oficinas excepcionais e cursos para os profissionais. Isso faz toda a diferença para trazer esse estudante com deficiência para um aprendizado pleno. Esperamos que a população aproveite mais um seminário – comentou a secretária de Educação. As inscrições devem ser feitas previamente através dos links informados abaixo. Cronograma e links para inscrição das oficinas:   Dia 29 de agosto  18h30 – Credenciamento 19h – Abertura oficial do V SEEIR Momento cultural Participação do aluno Diogo do Rosário Rocha – atendido na Associação Pestalozzi- representante do grupo “Autodefensores”. Palestra: “Será que ainda somos os mesmos? O que permaneceu e o que mudou na convivência escolar após a experiência pandêmica” – Psicóloga Valéria Marques   Dia 30 de agosto  7h30 – Credenciamento 8h – Curso de Inclusão escolar para profissionais da REMEP – Professor Lucelmo Lacerda 13H30 – Oficinas Introdução à Tecnologia Assistiva – Professora Edinéia Filomena da Rocha (20 participantes). https://www.sympla.com.br/introducao-a-tecnologia-assistiva__1688450   Rotina visual para TEA no contexto da escola regular -Professoras: Rossana e Luciana (30 participantes) https://www.sympla.com.br/rotina-visual-para-tea-no-contexto-da-escola-regular__1688460   A família e a interação com a Libras e a comunidade surda- Professora Isabel Cristina de Souza Reis (25 participantes). https://www.sympla.com.br/1a-familia-e-a-interacao-com-a-libras-e-a-comunidade-surda__1688474 A Importância de Educação Bilíngue para os surdos -Professora Aline Evelin Pedro da Silva Guimarães (25 participantes). https://www.sympla.com.br/a-importancia-de-educacao-bilingue-para-os-surdos__1688482   Educação Bilíngue para Surdos: práticas pedagógicas para o ensino de Português escrito como segunda língua. – Professoras Kacimasa Viana Yamashiro e Cláudia Mathias de Oliveira (25 participantes). https://www.sympla.com.br/educacao-bilingue-para-surdos-praticas-pedagogicas-para-o-ensino-de-portugues-escrito-como-l2__1688492   Práticas no atendimento pedagógico da criança com DI- Gislane da Conceição e Valdenira Fernandes (25 participantes) https://www.sympla.com.br/praticas-no-atendimento-pedagogico-da-crianca-com-di__1688502   Oficina de Jogos Adaptados para as pessoas com deficiência visual: Xadrez, Braille dentre outros. Profissionais: Rosane Nunes, Walquiria de Amorim, Mário Luiz e José Gomes (25 participantes). https://www.sympla.com.br/oficina-de-jogos-adaptados-para-as-pessoas-com-deficiencia-visual-xadrez-braille-dentre-outros__1688511   Oficina de Informática Educativa com programas de Estimulação a pessoa com deficiência: Sebran, Dosvox e NVDA. Profissionais: Fernando Moreira e Filipe dos Santos (25 participantes e cada participante levar pen drive e notebook se possível) https://www.sympla.com.br/oficina-de-informatica-educativa-com-programas-de-estimulacao-a-pessoa-com-deficiencia-sebran-dosv__1688522   Dia 31 de agosto  8h Curso – Manejo de comportamentos – Me. Felipe Magalhães Oficinas: A educação física estruturada e a importância das dicas visuais para o aluno com TEA Professora Zilmara (20 participantes). https://www.sympla.com.br/a-educacao-fisica-estruturada-e-a-importancia-das-dicas-visuais-para-o-aluno-com-tea__1688528   A família e a interação com a Libras e a comunidade surda- Professora Isabel Cristina de Souza Reis (25 participantes) https://www.sympla.com.br/1a-familia-e-a-interacao-com-a-libras-e-a-comunidade-surda-copia__1688533   A Importância de Educação Bilíngue para os surdos -Professora Aline Evelin Pedro da Silva Guimarães (25 participantes). https://www.sympla.com.br/a-importancia-de-educacao-bilingue-para-os-surdos-copia__1688539   Educação Bilíngue para Surdos: práticas pedagógicas para o ensino de Português escrito como segunda língua. – Professoras Kacimasa Viana Yamashiro e Cláudia Mathias de Oliveira (25 participantes). https://www.sympla.com.br/educacao-bilingue-para-surdos-praticas-pedagogicas-para-o-ensino-de-portugues-escrito-co-copia__1688545   Estimulação Pedagógica- Professora Rosane Nunes (25 participantes). https://www.sympla.com.br/estimulacao-pedagogica__1688554   Oficina de Informática Educativa com programas de Estimulação a pessoa com deficiência: Sebran, Dosvox e NVDA. Profissionais: Fernando Moreira e Filipe dos Santos (25 participantes e cada participante levar pen-drive e notebook se possível). https://www.sympla.com.br/oficina-de-informatica-educativa-com-programas-de-estimulacao-a-pessoa-com-deficiencia-s-copia__1689919   Oficina integrada em Artes e Meio Ambiente: Criando e recriando com e pela natureza: Kokedama e outras artes. Profissionais: Aldo Luiz Pires, Micheli de Farias e Rosemeire Bicalho Batista. (25 participantes) https://www.sympla.com.br/oficina-integrada-em-artes-e-meio-ambiente-criando-e-recriando-com-e-pela-natureza__1688565   Oficina circuito inclusivo: promovendo autonomia e qualidade de vida. Profissionais: Eduardo Vieira, Evandro Rodrigues, Ricardo Camões, Silvana Braga e Manoel Pinheiro (25 participantes) https://www.sympla.com.br/oficina-circuito-inclusivo-promovendo-autonomia-e-qualidade-de-vida__1688570

Fies começa a convocar pré-selecionados da lista de espera

Publicado em 22/08/2022 – 11:00 Começa nesta segunda-feira (22), e vai até o dia 22 de setembro, a convocação da lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Pelas regras do programa, os pré-convocados na lista de espera deverão complementar as informações prestadas no momento da inscrição na página do Fies. Passada essa etapa, em até cinco dias úteis, também é necessária a validação das informações declaradas no ato da inscrição. Esse procedimento deve ser realizado diretamente na instituição de ensino superior para a qual o candidato tenha sido pré-selecionado. Cabe à instituição informar ao estudante o meio a ser utilizado para o recebimento da documentação exigida, que pode ser em formato físico ou digital. Fies O Fies é um programa do Ministério da Educação que tem como objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC e ofertados por instituições de educação superior não gratuitas que aderiram ao programa. Em 2022 foram ofertadas 110.925 vagas para o Fies.   Fonte: Agência Brasil

Semana de valorização da pessoa com deficiência é realizada em Resende

Publicado em 22/08/2022 – 09:39 A Semana de Valorização da Pessoa com Deficiência tornou-se Lei Municipal em Resende no dia 4 de novembro de 2013 para valorizar e oportunizar uma vida independente àqueles que desejam melhor qualidade de vida. Em 2022, as atividades acontecem entre 21 e 28 de agosto na Feira Livre do Parque das Águas e na Associação Educacional Dom Bosco (confira abaixo a programação completa). – Atividades como a Lei nº 3.049, em vigor há quase 10 anos em Resende, são extremamente importantes para que possamos dar ainda mais força àquelas pessoas que enfrentam condições difíceis diariamente – disse o prefeito Diogo Balieiro Diniz. Programação completa: 22 de agosto Local: Associação Educacional Dom Bosco para alunos do curso de direito 19h: palestra “Desafios das Pessoas com Deficiência na garantia dos seus direitos básicos” com Julie Sylvie Raymond de Nale, bacharel em direito, pós-graduada em direito civil e processual civil 19h40: palestra sobre “Atuação do Ministério Público para a garantia do direito à acessibilidade” com doutor Leonardo Yukio, promotor de Justiça da 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Volta Redonda 20h20: Debate 23 de agosto Local: Associação Educacional Dom Bosco para alunos de Gestão de Recursos Humanos 19h: palestra “Expectativa x Realidade: construindo um novo olhar” com Herison Ferreira, pós-graduando em Educação Especial e Educação Inclusiva 24 de agosto Local: Associação Educacional Dom Bosco para alunos do curso de Educação Física 19h: palestra “A importância da prática esportiva e recreativa no processo de inclusão” com o professor André Luís de Mendonça, pós-graduado em atendimento educacional especializado 25 de agosto Local: Casa da Amizade – Rua Paul Harris, nº 106, Centro 8h às 13h: evento “Elas que Transformam” Local: Associação Educacional Dom Bosco para alunos do curso de Publicidade e Propaganda 19h: palestra “Acessibilidade e criação artística na publicidade: uma abordagem para alcançar mais públicos nas redes digitais e outros murais” com Paula Souza, especialista em acessibilidade cultural e audiodescrição 26 de agosto Local: Associação Educacional Dom Bosco palestra para alunos de Licenciatura em Pedagogia 19h: palestra “Educação inclusiva de educandos com autismo” com Eliane Policiano, pós graduada em psicopedagogia e em neuropsicopedagogia 19h40: palestra “Educação inclusiva de educandos com deficiência” com Rosane de Morais Nunes, graduada em pedagogia e pós-graduada em educação especial Programação da Secretaria Municipal de Educação A Prefeitura de Resende realiza ainda uma outra programação por meio da Secretaria Municipal de Educação entre os dias 21 e 28. Uma live sobre baixa visão será realizada no dia 24 de agosto com João Ricardo, às 9h30, no Facebook da Secretaria Municipal de Educação. Ainda no mesmo dia, porém, às 14h, Geraldo Nogueira realizará uma palestra na OAB sobre “Superar barreiras para garantir inclusão”. “Núcleo do amor inclusivo” é tema da palestra com Leonardo Galvão e Shirley Zopelaro no salão da Igreja Cristo Ressuscitado, às 14h30 do dia 25 de agosto. Fechando as celebrações, acontecerá uma caminhada de valorização da Pessoa com Deficiência no dia 28 de agosto, objetivando uma manhã recreativa no Parque das Águas.

plugins premium WordPress