Guarda Municipal de Volta Redonda começa a utilizar coletes à prova de balas

Publicado em 24/11/2022 – 19:11 A Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR) está utilizando coletes à prova de bala. São 68 equipamentos de proteção individual que foram colocados à disposição dos agentes da corporação nesta semana, auxiliando na segurança pública da cidade. Os coletes foram adquiridos em setembro, através de emenda parlamentar. Há mais de 15 anos a corporação não recebia o equipamento de proteção individual. O secretário municipal de Ordem Pública, tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa, explicou que o colete vai oferecer mais segurança aos guardas municipais. “Seu objetivo principal é proteger o agente contra tiros, facadas (armas brancas) e estilhaços, evitando traumas que sejam incapacitantes ou fatais. Quanto mais protegido e preparado, o guarda municipal consegue desenvolver melhor o seu trabalho, levando mais segurança ao cidadão e aumentando a qualidade de vida da população”, considerou Luiz Henrique.  

Prefeitura de Volta Redonda investe em segurança com obras em áreas de risco

Publicado em 06/10/2022 – 9:30 A Prefeitura de Volta Redonda, por meio do Fundo Comunitário de Volta Redonda (Furban-VR), está investindo em segurança com obras em áreas consideradas de risco durante o período de chuvas. Pelo menos duas delas foram terminadas em setembro e outras duas já tiveram início neste mês. As obras que começaram em outubro foram a estabilização de talude com concreto projetado no Vale Verde, e reparo em um muro de saco e projetado em talude no Belmonte. Um investimento total de R$ 28.462,76. A previsão é que as melhorias sejam entregues até a primeira quinzena de novembro. As finalizadas foram a recuperação de calha de águas pluviais e calçada na Rua Deolindo, na Servidão São Sebastião, no bairro Fazendinha. Já em Três Poços, houve a contenção de encosta e muro para proteção de vestiário e servidão no Campo do Colorados. Os serviços totalizaram um investimento de R$ 176.865,38 por parte do Poder Público. “A gente tem trabalhado muito na prevenção e na manutenção da cidade para melhorar a qualidade de vida das pessoas. São diversas obras que estão acontecendo, principalmente em áreas consideradas de risco. São muros de contenção, reparos em escadões, colocação de meio-fio, construção de canaletas, calçamento e estabilização de encostas. Serviços importantes e que ocorrem principalmente na região periférica. Estamos no caminho certo da reconstrução de Volta Redonda”, afirmou o prefeito Antonio Francisco Neto.

Exapicor contará com segurança reforçada e apoio da cavalaria

Publicado em 28/09/2022 – 12h Mais uma edição da tradicional Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Resende se aproxima e a Prefeitura de Resende, junto à organização do evento e ao 37º Batalhão de Polícia Militar, já traçou o esquema de segurança para a festa. O objetivo é fazer com que a Exapicor ocorra de maneira tranquila e que os visitantes mais uma vez possam desfrutar da festa em segurança. Além do contingente normalmente utilizado, as equipes contarão com atuação da cavalaria. O esquema de segurança do evento, de acordo com o superintendente de Ordem Pública de Resende, César Laurindo, terá a atuação da própria GCM, com cerca de 60 homens (acréscimo de 50% do contingente da última edição, em 2019), além de seguranças particulares. Esse trabalho será reforçado com agentes do 37º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que conduzirá o trabalho adotando os protocolos de um evento considerado de grande proporção. A GCM terá atuação na manutenção da ordem tanto dentro da Área de Exposições, quanto no trânsito, no perímetro da festa, controlando a área de acesso dos veículos e pedestres. Ainda de acordo com o superintendente, o efetivo é extremamente preparado para corresponder à confiança dos visitantes e a equipe trabalhará com atenções redobradas. – Nosso objetivo é preservar a tranquilidade de um evento com décadas de tradição em Resende e estamos preparados para isso, com um trabalho de parceria que envolve várias frentes. Todo o planejamento é feito de forma estratégica e os agentes possuem rotas e pontos específicos. Mas a nossa expectativa é de não ter ocorrências graves e de uma Exapicor tranquila. Um ambiente para toda a família – destacou o superintendente. Nesta edição, o policiamento contará com o reforço de 10 agentes da cavalaria, número também maior que o da última edição, em 2019. O policiamento montado é um importante reforço para a estratégia de segurança ao lidar com multidões, uma vez que os policiais possuem uma visão privilegiada, podem se locomover com maior rapidez, podem acessar alguns locais que os carros não podem, como becos e terrenos com lama, entre outros benefícios.

Monitoramento de Volta Redonda avança e 380 câmeras estão em funcionamento

Publicado em 27/09/2022 – 13h O secretário municipal de Ordem Pública de Volta Redonda, tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa, vem acompanhando pessoalmente a instalação das novas câmeras de monitoramento, bem como os ajustes necessários para o funcionamento dos equipamentos, que vão alcançar toda a cidade. Até agora, 380 câmeras estão em operação, em diversos bairros, de acordo com a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop). “Atualmente estão funcionando 60 câmeras do tipo ‘dome’, que possuem zoom óptico, se movimentam por 360 graus e podem ser controladas de forma remota, por meio de uma central de videomonitoramento. Além disso, são 320 câmeras fixas, muitas delas em locais de grande movimento do comércio”, explicou o secretário. Todos os bairros serão contemplados com novos equipamentos e cada local previsto para a instalação foi analisado, levando em conta o posicionamento, viabilidade, análise criminal e interesse público. “Estamos com mais de uma equipe de trabalho em bairros diferentes e avançamos bastante com o monitoramento da cidade. As câmeras têm uma nova identidade visual e podem ser percebidas facilmente pelo cidadão. Vamos melhorar a segurança da cidade como um todo”, afirmou Luiz Henrique.

Batalhão de Ações com Cães será instalado em Volta Redonda

Publicado em 15/09/2022 – 8:53 Em reunião realizada nesta semana no Palácio 17 de Julho, no Aterrado, com representantes do governo municipal e da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ), foi definido que a sede do Batalhão de Ações com Cães (BAC) em Volta Redonda será instalada no bairro Roma. A iniciativa é uma parceria entre a Prefeitura de Volta Redonda (PMVR) e a PMERJ, que vai permitir a criação do batalhão na cidade. “Além de ser um serviço especializado, o BAC contará com um reforço de 70 policiais militares na região. O espaço terá estrutura adequada e ficará localizado no Roma, um local estratégico de ligação com a Via Dutra, sem contar que é mais um aparelho da segurança instalado em Volta Redonda. O número de PMs naquela região do Roma vai melhorar a segurança do local”, salientou o secretário municipal de Ordem Pública (Semop), tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa. O novo Batalhão de Ações com Cães é semelhante ao que vem sendo construído em Macaé, no Norte do estado, o primeiro município do interior a receber o BAC. O serviço especializado vai facilitar o atendimento aos municípios vizinhos no combate ao crime. “A orientação do governo municipal é para que seja agilizada a instalação do BAC em Volta Redonda e vamos trabalhar para isso”, disse o secretário Luiz Henrique. Também participaram da reunião o comandante do BAC, tenente-coronel Sandro Aguiar dos Santos; o comandante do 28º Batalhão de Polícia Militar (BPM), coronel Ronaldo Martins; e o presidente do Instituto de Pesquisas e Planejamento Urbano (IPPU), Abimailton Pratti da Silva.

Volta Redonda terá reforço na segurança com mais policias civis

Publicado em 25/08/2022 – 13:00 Medidas para aumentar a segurança na cidade estão sendo tomadas pela Prefeitura de Volta Redonda. Nesta quarta-feira (24), o prefeito Antonio Francisco Neto recebeu no gabinete dele o secretário de Estado de Polícia Civil, delegado Fernando Albuquerque. O encontro debateu parcerias com o Estado para viabilizar um reforço na delegacia de Volta Redonda (93ª DP), entre elas a aplicação do RAS (Regime Adicional de Serviço) – o pagamento de hora extra para policiais. A reunião contou com a participação do secretário municipal de Ordem Pública (Semop), tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa; do diretor do DGPI (Departamento Geral de Polícia do Interior), José Pedro Costa da Silva; diretor do 5° DPA (Departamento de Polícia de Área), Celso Pereira Couto; e delegado titular da 93ª DP, Luiz Jorge Rodrigues. Durante a reunião, ficou definido que os trâmites legais e burocráticos para a formalização da parceria serão seguidos, inclusive com assinatura de um termo de cooperação técnica entre as partes. A partir disso será possível viabilizar um aumento contingencial na 93ª DP. “Nosso maior sonho é ser a cidade mais segura do Brasil. Estamos investindo quase R$ 10 milhões em segurança pública. São 700 novas câmeras de tecnologia de ponta em locais estratégicos; trouxemos o ‘Segurança Presente’, que é um sucesso total; estamos na fase de implantação do Proeis (Programa Estadual de Integração na Segurança), ambos em parceria com a Polícia Militar. Temos as Patrulhas do Idoso, Maria da Penha e, graças a uma parceria com a Polícia Civil, através do doutor Luiz Jorge, criamos um espaço para atender a Melhor Idade. O Governo do Estado está me ajudando muito”, agradeceu o prefeito Neto. O secretário de Estado de Polícia Civil, delegado Fernando Albuquerque, disse que assim como o prefeito Neto, entende a segurança pública como um dever de todos e têm buscado promover um trabalho de integração entre as forças e entidades. “Nada melhor que oferecer estrutura e condições para a polícia trabalhar. Estamos em um processo de recuperação fiscal do estado e com certeza teremos novos concursos para a Polícia Civil. A gente vem procurando fazer um trabalho de integração. Sem dúvidas, estaremos aptos a oferecer treinamentos e convênios na gestão de segurança pública e inteligência”, garantiu Albuquerque. O secretário de Ordem Pública de Volta Redonda, tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa, celebrou a parceria e também destacou os investimentos promovidos pelo Poder Público Municipal. “Setecentas novas câmeras estão sendo instaladas em Volta Redonda e ganhando o interior dos bairros. Além da ajuda da tecnologia, acredito que o homem ainda é insubstituível. Por isso, acreditamos no policiamento de proximidade com a população. Estamos capacitando nossos agentes da Guarda Municipal e buscando parcerias com o Governo do Estado para uma capacitação dos quase 900 guardas municipais de todo o Médio Paraíba Fluminense. O objetivo é otimizar recursos e garantir o fluxo de atendimento à população”, disse. A comitiva da Polícia Civil também foi até a sede da Secretaria de Ordem Pública, conheceram a estrutura da pasta e os recursos disponíveis para alinhar parcerias que aumentem a segurança em Volta Redonda.

plugins premium WordPress