Thiago Pereira lança projeto social de natação em Volta Redonda

Gostou? Compartilhe!

Publicado em 19/10/2022 – 9:30

Foto: Cris Oliveira

“Vai, Thiago!”. O grito que ficou famoso nas piscinas do Brasil e do Mundo ecoou no Parque Aquático Municipal de Volta Redonda na manhã desta terça-feira, dia 18. Isso porque o maior medalhista da história dos Jogos Pan-Americanos e prata na Olimpíada de Londres-2012, Thiago Pereira, esteve presente na abertura oficial do projeto social de natação que leva o nome dele. O “Nadando com Thiago Pereira” tem a proposta de ensinar a natação, com intuito de combater o afogamento infantil – segunda maior causa de morte acidental de crianças e adolescentes de zero a 14 anos, segundo dados do Ministério da Saúde.  O projeto tem patrocínio da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) e apoio da Fundação CSN e da Prefeitura Municipal de Volta Redonda.

“Estou vivendo a realização de um sonho de estar inaugurando este projeto social aqui na minha cidade natal, onde tudo começou. Só tenho a agradecer o apoio da prefeitura, da Fundação CSN, da CSN e de todos os parceiros que estão com a gente neste projeto. Que a gente consiga estimular não somente o aprendizado da natação, mas o esporte como uma ferramenta para educação e saúde”, disse Thiago Pereira.

Segundo a secretária municipal de Esporte e Lazer de Volta Redonda e mãe de Thiago Pereira, Rose Vilela, com este projeto o filho está conquistando mais três importantes medalhas.

“Das 724 (medalhas) que ele tem, hoje, as de transmitir os valores do esporte, fomentar a prática da natação e salvar vidas do afogamento com certeza são as melhores que podemos conquistar”, enalteceu Rose Vilela.

As primeiras aulas do projeto tiveram início em agosto deste ano, atendendo 280 crianças e adolescentes, entre 7 e 17 anos, sendo que 70% são alunos da rede pública de Volta Redonda. Esta parte social do projeto foi destacada pelo deputado estadual eleito, Munir Neto, que também participou do lançamento oficial.

“Me alegro muito, porque tiramos as crianças e adolescentes das ruas para praticarem esporte. Sabemos que o social e o esporte precisam andar de mãos dadas e é isso que acontece neste projeto”, destacou.

Patrocínio da CSN

O diretor executivo de Siderurgia da CSN, Milton Picinini, e o gerente geral da Fundação CSN,  André Leonardi, também participaram do lançamento oficial do projeto,
“Tem até uma dose de emoção aqui muito forte, por estar neste lançamento de um projeto tão importante, de cunho social muito grande e que a CSN está muito feliz de estar participando. A natação é um dos esportes do qual o engajamento, dedicação e determinação são fundamentais. Quando conseguimos uni-los, certamente fazemos campeões. E se não forem campeões, com certeza serão pessoas melhores, o que também é um ponto muito importante deste projeto”, frisou Picinini.

Leonardi também falou sobre a importância do projeto não apenas na área do esporte e no combate ao afogamento, mas também na formação das crianças e adolescentes.

“O esporte pode ser também muito mais realizador do que apenas aprender a se defender (afogamento). Pode ser um caminho excepcional para a vida, assim como a Cultura, Educação e todas estas áreas. Ficamos muito felizes em, mais uma vez, estarmos ao lado da Prefeitura de Volta Redonda e também por esta parceria com o Thiago Pereira”, afirmou.

Conhecendo o ídolo

Os alunos do “Nadando com Thiago Pereira” ficaram empolgados por conhecerem de perto o ex-nadador olímpico. O pequeno Thiago Pereira Cabral, de 7 anos, foi correndo falar com o ídolo e contar que tem o mesmo nome que ele.

“Estou muito feliz em conhecer o Thiago de perto. Já falei para ele que temos o mesmo nome e que me espelho muito nele. Comecei as aulas agora e vou me dedicar para aprender e ser igual a ele”, disse.

Outra empolgada era Estela de Paula, de 8 anos, que estava acompanhada da sua mãe Silmara de Paula, de 48 anos.

“Ela está toda feliz em ver o Thiago de perto. As aulas estão sendo maravilhosas. Ela tinha muito medo de entrar na piscina, apesar de gostar muito. Agora ela está muito mais segura para nadar e eu fico mais tranquila também”, disse Silmara.

 

Com informações da Prefeitura de Volta Redonda

Outras notícias que você vai gostar.
plugins premium WordPress